ONDAWEB

COMO O WORDPRESS MUDOU A SUA EXPERIÊNCIA COM WEBSITES

 

No segundo trimestre de 2016, a notícia oficial de que o Grupo Abril iria migrar todos os seus websites para a plataforma WordPress mexeu sensivelmente com o mercado digital nacional, derrubando um paradigma curioso: sites em WordPress não tinham efetividade e a profundidade necessária para viabilizar projetos de portais ou projetos mais complexos. Muitos alegaram que havia sido uma decisão impulsionada por corte de custos, já que o WordPress é gratuito. Curiosamente, em agosto do mesmo ano, o grupo lança a notícia de que tal mudança trouxe um aumento de visualizações de 72% em comparação com a média anterior.

Segundo Tiago Augusto, diretor de Marketing do Grupo Abril, as principais motivações para essa reformulação foram unificar os publicadores, com o intuito de dar mais agilidade para a adoção de tecnologias e focar no desenvolvimento e distribuição de conteúdo. A escolha pelo WordPress deve-se ao fato deste ser o publicador líder de mercado e sempre alinhado com as melhores práticas do digital. Além disso, a usabilidade para os jornalistas é melhor e o desenvolvimento é mais ágil. Tudo isso, aliado ao novo layout, traz como resultado um site visualmente mais atraente, veloz e com aumento de viewability nas peças de publicidade.

 

leverage-browser-caching

Mas os ganhos não param por aí: houve também um crescimento de 20% no volume do “hover” de navegação; algo extremamente salutar para a exibição e cliques em mídia displays. Dentro da média da concorrência do mesmo segmento, essa nova tecnologia trouxe um aumento de duração da interação do leitor, que agora representa uma diferença de 51% a mais do que a média do mercado. Ainda em interações, houve um ganho considerável nos dispositivos móveis. Com o WordPress, o acesso dos conteúdos dentro do mobile tornou-se mais amigável e ágil, o que consequentemente também trouxe um aumento na performance de SEM e SEO.

 

A adoção tardia de uma tendência que chegou para ficar

Apesar dos resultados extremamente positivos, a decisão do Grupo Abril não foi vanguardista, muito longe disso. Em outros países, grandes marcas de diversos segmentos já haviam feito essa transição muito antes. Aqui no Brasil, até pouco tempo atrás, havia o senso comum de que o WordPress não era bom o bastante para portais ou sites de e-commerce, especialmente pela natureza da origem do WordPress. Como inicialmente o WordPress nasceu como uma plataforma para blogs um pouco mais profissional que o Blogspot, o preconceito contra ele era muito forte, em especial protagonizando o cenário de desenvolvimento web mundial.

 

how-to-price-a-product

A partir dos primeiros sites que foram produzidos com esse paradigma, surgiu a nova falácia de que, por ser necessário migrar para uma nova plataforma, era caro e dispendioso, tanto na questão de custos quanto em quesitos técnicos. Essas afirmações começaram a cair por terra a partir do momento que começaram a surgir argumentos estatísticos que fizeram grupos como Warner e Sony a puxarem a mudança. Atualmente, mais de 50% dos sites da internet que usam em publicadores, rodam WordPress.

Por se tratar plataforma semântica de vanguarda para publicação pessoal, toda a dinâmica de gestão de conteúdo, módulos, edição de templates e afins sempre foram extremamente amigáveis para o usuário. Além disso, o WordPress possui foco na estética, nos Padrões Web e na usabilidade. Ao mesmo tempo é um software livre, gratuito e capaz de desempenhar com qualidade qualquer proposta de projeto.

 

install-wordpress-locally

No quesito gestão de conteúdo, a ferramenta pode ser facilmente utilizada por quem possui ou não conhecimento técnico. Seu CMS (content manager system) pode comportar centenas ou milhares de colaboradores ao mesmo tempo em um mesmo sistema, além de liberar layouts de edição com permissões de áreas e sessões específicas para cada colaborador.

Além disso, ele é extremamente amigável com diferentes módulos que expandem as possibilidades de funções do site e também em métricas de monitoramento, captação de leads, além de qualquer outro indicador-chave de performance.

 

wordpress-two-factor-authentication

 

Finalmente o mobile em primeiro lugar

Atualmente a utilização de temas responsivos e aplicativos otimizados para o mobile não são mais um diferencial, mas sim algo essencial e padrão. Entretanto, para oferecer a você e os seus visitantes uma experiência perfeita em qualquer dispositivo, é necessário a utilização de um template único e construído especialmente para aquele site.

 

print

Algo que muitas empresas oferecem é a adaptação de um template já existente para um projeto novo. Isso não é recomendável, pois dá abertura para improvisos de programação que resultam em um código-fonte que não é completamente limpo e otimizado, podendo então trazer lentidão de carregamento e possíveis bugs, assim como possivelmente comprometer a segurança do mesmo.

A Ondaweb tem orgulho em poder oferecer, além de soluções de UX (user interface) únicas para cada projeto e um design diferenciado, a tecnologia e conhecimento técnico capaz de desenvolver cada template de maneira única, sem reaproveitamento de trabalhos anteriores, entregando uma experiência pura de implementação do código-fonte em seu website.

 

Veja alguns dos melhores projetos web do mundo, todos feitos dentro da plataforma WordPress:

Esses são alguns dos melhores projetos web do mundo, todos de grandes marcas e produzidos à risca com o que há de melhor que o WordPress tem a oferecer. Aqui você encontrará projetos interativos, informativos, e-commerces, portais de notícias, institucionais, entre outros. Você também pode visitar o nosso portfólio e concluir como perto de você está a possibilidade de ter sua presença digital representada com o melhor do desenvolvimento web.

 

bbc-america-wordpress-sites

 

beyonce-wordpress-sites

 

cooper-hewitt-wordpress-sites

 

creative-commons-wordpress-sites

 

groupe-renault-wordpress-sites

 

izod-wordpress-sites

 

katy-perry-wordpress-sites

 

mercedes-benz-wordpress-sites

 

microsoft-studios-wordpress-sites

 

no-mans-sky-wordpress-sites

 

playstation-blog-wordpress-sites

 

skype-blog-wordpress-sites

 

snoop-dogg-wordpress-sites

 

sony-music-wordpress-sites

 

techcrunch-wordress-sites

 

ted-blog-wordpress-sites

 

the-next-web-wordpress-sites

 

the-rolling-stones-wordpress-sites

 

the-sun-wordpress-sites

 

the-walt-disney-company-wordpress-sites

 

toyota-wordpress-sites

 

wired-wordpress-sites